Do Porto com Amor: O Círculo da Vida

sexta-feira, 6 de maio de 2016

O Círculo da Vida


Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isso mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é expor-se a todo o tipo de dor, principalmente o da incerteza de agir corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo.

(Autor desconhecido)


"A vida é breve, mas cabe nela muito mais do que somos capazes de viver" - José Saramago


Bem-vindo, pequeno Lápis!


Do Porto com (todo o) Amor 



27 comentários:

  1. Muitos parabéns felicidades ao rebento e aos papás!

    Tudo de bom.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Caro lapis, deixe-me parabeniza-lo. Tambem eu recebi essa grande prenda neste ano que passou. Pode parecer heresia, mas ajudou bastante a suavizar as pancadas desportivas que levámos. desejo tudo de bom e muita sorte. agora é só nāo estragar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Heresia? De maneira nenhuma, são dimensões incomparáveis!

      E quanto a ser "só não estragar", não sei se concordo. Vejo cada filho como uma tela em branco e a mim como um dos pintores das suas vidas, rezando para ter algum jeito para a pintura. Mais do que não estragar, é preciso ajuda-los a construírem-se.

      Um abraço

      Eliminar
    2. pelo contrario. Eles nascem perfeitos.

      Eliminar
  3. Bem vindo novo portista. Muitos parabéns aos pais. Que tenha uma longa e gloriosa vida.
    Os meus, antes de serem registados, entraram para sócios do Porto. Não se esqueça desse pormenor! Eu não sou como os zelotas, em minha casa quem não for portista, dorme com os cães.

    ResponderEliminar
  4. Bem vindo ao clube dos papás...
    O meu quando nasceu batizei-o de imediato com as minhas lágrimas. Acho que nunca chorei tanto como nesse dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também pertenço a esse clube. Já não sou novo nestas andanças mas a cada um deles liquidifico-me em marés salgados :-)

      Eliminar
  5. Sim, compensará. Nada de dramas, é normal apetecer atira-los pela janela ;)
    Muitos parabéns.

    ResponderEliminar
  6. Por certo Papás babados e felizes pelo momento. Que essa felicidade seja extensiva ao pequeno Lápis e tenha continuidade no tempo. Permita-me caro Lápis, um abraço de parabéns.

    ResponderEliminar
  7. Muitos parabéns!!!

    Espero que ele possa dizer que nasceu no mês do Sporting campeão e quem se um dia não se tornará no Lápis Verde e Branco no espaço de blogues nacionais! lol
    Felicidades e abraço!

    ResponderEliminar
  8. A todos: agradecidos eu, ele e demais lapiseiras :-)

    ResponderEliminar

  9. @ lápis

    só soube agora. espero ainda ir a tempo de vos parabenizar - a ti e à tua família.
    faço votos sinceros de 'muitas felicidades!' para esta vossa nova etapa, numa aventura sem fim.

    Muitos Parabéns!

    abr@ço forte
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  10. Carta a um Filho

    És Um HOMEM, Se...
    Se és capaz de conservar o teu bom senso e a calma,
    Quando os outros os perdem, e te acusam disso,

    Se és capaz de confiar em ti, quando te ti duvidam
    E, no entanto, perdoares que duvidem,

    Se és capaz de esperar, sem perderes a esperança
    E não caluniares os que te caluniam,

    Se és capaz de sonhar, sem que o sonho te domine,
    E pensar, sem reduzir o pensamento a vício,

    Se és capaz de enfrentar o Triunfo e o Desastre,
    Sem fazer distinção entre estes dois impostores,

    Se és capaz de ouvir a verdade que disseste,
    Transformada por canalhas em armadilhas aos tolos,

    Se és capaz de ver destruído o ideal da vida inteira
    E construí-lo outra vez com ferramentas gastas,

    Se és capaz de arriscar todos os teus haveres
    Num lance corajoso, alheio ao resultado,
    E perder e começar de novo o teu caminho,
    Sem que ouça um suspiro quem seguir ao teu lado,

    Se és capaz de forçar os teus músculos e nervos
    E fazê-los servir se já quase não servem,
    Sustentando-te a ti, quando nada em ti resta,
    A não ser a vontade que diz: Enfrenta!

    Se és capaz de falar ao povo e ficar digno
    Ou de passear com reis conservando-te o mesmo,

    Se não pode abalar-te amigo ou inimigo
    E não sofrem decepção os que contam contigo,

    Se podes preencher todo minuto que passa
    Com sessenta segundos de tarefa acertada,

    Se assim fores, meu filho, a Terra será tua,
    Será teu tudo que nela existe

    E não receies que te o tomem,

    Mas (ainda melhor que tudo isto)
    Se assim fores, serás um HOMEM.

    Rudyard Kipling

    Luís (O do José Peseiro)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um clássico, intemporal e magnífico.

      Agradecido caro Luís.

      Eliminar
  11. Muitas felicidades!!! Parabéns!!

    ResponderEliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.