Do Porto com Amor: A segunda vida de Lopetegui

sexta-feira, 17 de julho de 2015

A segunda vida de Lopetegui


Sobre a primeira época do treinador basco Julen Lopetegui aos comandos deste nosso Amor já falei aqui.

Se ainda não teve oportunidade de ler, sugiro que o faça agora antes de avançar no texto. Vá lá que eu espero.

Já está? Pronto, antes assim.
Nada se alterou de significativo em relação à minha opinião sobre Lopetegui. Os erros cometidos já não têm remédio. O campeonato perdido já não tem volta. A humilhação de Munique ficará para sempre. E não, nada mais. Porque se tivesse sido despedido como merecia, seria lembrado no futuro (não muito distante) apenas pelo seu rotundo falhanço.

Antes de avançar, vou carregar um bocado mais na ferida, porque ainda me dói particularmente. Para nós portistas, a época anterior ficará para sempre como a do #colinho, mas apenas porque Lopetegui não foi capaz de ter a competência para o evitar. Porque na realidade, apesar de todas as ajudas, o SLB só ganhou o campeonato porque nós falhamos nos momentos decisivos: Madeira, Luz e ainda Belém. Se tivéssemos feito o que nos competia, não só seriamos campeões como a época seria lembrada como "nem com o #colinho lá chegaram". E sim, para mim o maior responsável foi sem dúvida nenhuma o treinador, conforme detalhei no texto para onde o remeti no início.

No entanto, Lopetegui continua.
E como tal, será outra vez o meu treinador, ou melhor, o treinador do meu clube.
Portanto, achei ser este o momento certo para dizer de minha justiça, antes que as coisas comecem a doer.

Na abordagem inicial, parecia-me que, ao contrário do que seria expectável, o Porto iria partir em vantagem, dadas as loucuras de verão da segunda circular. Ambos mudaram de treinador e nós não. À partida seria suficiente para garantir um lugar na pole.

Hoje já não tenho essa convicção. Parece-me que temos demasiadas mudanças no plantel e sobretudo no onze para que se possa atribuir qualquer vantagem. Ainda por cima quando o treinador dá sinais de querer (pelo menos) testar modelos de jogo alternativos (ainda que eu continue sem perceber bem qual era o do ano passado...).

Isto para dizer que Lopetegui começa outra vez (quase) do zero. Se Quaresma foi sua (péssima) opção, Danilo, Casemiro, Óliver e Jackson não foram seguramente. E depois a armada espanhola de segunda categoria, que agora recebe guia de marcha e me vem dar razão quando dizia que nada vinham acrescentar a não ser quantidade, daquela que dá um jeito tremendo porque se coloca sempre ao lado do treinador dentro do balneário.

Se as saídas foram de peso (com o risco de ainda se agravar), as entradas não o são menos. Nesta altura, em que muita coisa ainda pode mudar, garantidamente não temos um plantel inferior. Garantidamente. Mas mantém no entanto algumas das insuficiências: falta (pelo menos) um central de qualidade para jogar ao lado de Indi e um bom suplente para rivalizar com Maxi (a que se soma agora também a necessidade de um médio criativo e um ponta de lança, a não ser que se façam adaptações).

Teremos que aguardar pelo fecho do(s) mercado(s) para tirar conclusões, mas os sinais são de uma aposta única, arriscada (e provavelmente irrepetível) para recuperar o título e gritar bem alto que não haverá nem fim de ciclo, nem novo ciclo, mas que apenas se tratou de um (grande) acidente de percurso.

Ficou para mim claro que a aposta em Lopetegui vai muito para além das suas qualidades e curriculum como treinador. Lopetegui é hoje um polo de atração de jogadores espanhóis e da liga espanhola, uma espécie de gaja boa que seduz nuestros hermanos com um belo par de contratos e um rijo traseiro cheio de euros (a chegada de Casillas é o expoente máximo dos seus dotes de sedução). É verdade que destes seus atributos nunca outros treinadores tinham beneficiado, mas é igualmente justo reconhecer que o facto de ser espanhol, ter uma reputação razoável e conhecer o meio futebolístico também tem muito peso nesta atração fatal.


Concluindo, estou esperançado que o treinador tenha aprendido com os seus erros. Mal dele se não o tiver feito. Se dependesse de mim, não teria segunda vida aqui. Mas como não depende, estou com ele (de novo) até final da temporada. E como gostava de ter vontade de lhe dar um abraço nessa altura. 



57 comentários:

  1. Discordo totalmente.

    Mas que fazer? Chega uma altura em que não adianta estar sempre a repisar a mesma coisa.

    Cada um tem a sua opinião e, francamente, nem sequer vale a pena contra-argumentar.

    Digo apenas o seguinte: Sabe qual foi o nosso central mais regular? Ivan Marcano.

    Depois, caro LAeB, as comparações que faz são absolutamente inusitadas e... *suspiro* vamos ter Porto e fifica na Champions. E agora vamos ver quem aguenta mais e melhor.

    O resto, são opiniões e eu, não concordando nada, respeito a sua.

    Abraço Azul e Branco,

    Jorge Vassalo | Porto Universal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge,

      Esta discórdia é saudável, no pasa nada.

      Não percebi a que propósito referiu o Marcano, até o tenho em boa conta... não é nem nunca será um grande central, mas para substituir um dos titulares sempre que necessário parece-me à altura.
      Se por "regular" quer dizer nível exibicional constante, posso concordar. Mas isso não significa que não considere o Indi com maior potencial enquanto jogador. Do Maicon nem falo.

      Quanto à champions, "agora" porquê? Não estiveram igualmente ambos na época passada?

      Abraço

      Eliminar
    2. Não meu amigo, o Jesus claramente se borrifou nas competições europeias. Quem disser o contrario está a enganar-se.

      Já agora, falei do Marcano pelas razões explanadas pelo pancas.

      Abraço

      Eliminar
    3. Borrifado ou não, teve que fazer seis jogos. Meia época. Nessa altura já eles iam à frente, aliás há muito tempo.

      E nós tínhamos é que fazer o nosso trabalho, dando prioridade como sempre ao campeonato. Se não o fizemos deliberadamente, pior ainda.

      Abraço

      Eliminar
    4. Completamente de acordo com o post caro LapisAzul e Branco. Não lhe adianta nada argumentar com factos que os Lopeteguistas estarão sempre reconhecidos pela "brilhante" época que fizemos sem ganhar absolutamente nada. Para eles fizemos mais 4 jogos que os benfas na Champions e isso foi uma barreira intransponível.
      Pelo que se viu hoje vai continuar tudo na mesma, nem que venha o Messi, o Aguero ou o Ibrahimović. Espero que alguém tenha o bom senso de ainda substituirem a criatura antes de começar a época para não passarmos mais vergonhas.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Desta vez não me serve a carapuça. A minha opinião é minha, formada em mim pela observação dos factos. E além disso, sou menos corcunda.

      Eliminar
    2. Não era a carapuça para a sua opinião, tenho-o emeljor conta. Era para a discussão mesmo. Está tudo redito. Hodor.

      Eliminar
  3. Eu ate concordo com algumas das criticas ao treinador. Ele deveria ter feito muito mais com a materia-prima que tinha a seu cargo. E para mim o seu maior defeito foi sempre a escolha do 11 titular.

    Agora vir eleger Indi e Quaresma como grandes jogadores que deveriam ter sido sempre titulares e de bradar aos ceus!!!

    Indi - Sempre desposicionado, muitas vezes a causar que o companheiro de sector tenha que desesperadamente correr para as suas costas para travar adversarios. Uso e abuso do fisico, incluindo dentro da area, a fazer-se ao jeito de lhe ser marcado penalties. Nao e capaz de atrair um avancado adversario para ganharmos vantagem numerica, em vez disso passa a bola quando tem 20 metros de espaco. E depois passa a bola sempre para o colega que esteja ao lado (nao ha passes verticais) esteja ele rodeado por adversarios ou nao!!! Para mim compete com Reyes para o lugar de pior central do plantel!

    Quaresma - impressionante a quantidade de bolas que ele oferece ao adversario. Cruzamentos de olhos fechados que nao encontram nenhum colega na area (ou quando encontram, este esta rodeado por 4 defesas), remates (normalmente a palhacada da trivela) que em 90% dos casos nem dirigidos a baliza vao. Durante o tempo em que jogou, foi sempre ver um defesa ao pe dele e no lado contrario 2 defesas em cima do Brahimi (mas o Brahimi fica cotado como pior)... enfim, um jogador digno do futebol dos anos 90, em que correrias e fintas ganhavam, em que o futebol se resumia a 11 duelos individuais... vale zero no futebol moderno!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo o pancas.

      Abraço Azul e Branco,

      Jorge Vassalo | Porto Universal

      Eliminar
    2. Sem querer acabou de fazer uma critica enorme ao treinador. A anisa de atacar por vezes é tão grande que expõe completamente aquilo que se quer defender. Quaresma e Indi são tão maus porque o treinador lhes deu tantos minutos de jogo??Que qualidade tem um treinador que tendo 2 jogadores fracos, um deles "vale zero no futebol moderno" e os pões tantas vezes a jogar??..Pois.

      Eliminar
    3. Caro pancas,

      Nunca me leu dizer que um qualquer jogador devia ser sempre titular, nem Deco, nem Lucho, quanto mais os outros.

      Não vou discutir o Indi, porque de facto vimos coisas diferentes. Apenas digo que para mim é de longe o central com maior potencial e o único que um dia pode vir a ser um grande central. Não fez uma época brilhante, mas também não podia: a certa altura, foi encostado para mim sem motivo credível. Mas lá está, são maneiras diferentes de ver a coisa, ou talvez valorizar diferentes qualidades nos jogadores...

      Quanto ao Quaresma, remeto-o para o MST: "quem não compreende os génios da bola, não pode gostar de futebol.". Passe o exagero, de facto não chego lá. Mas sempre digo que durante a maior parte da época foi o único capaz de resolver jogos sozinho (sobretudo quando faltou Jackson). Poderia citar o jogo com o Bayern em casa, mas seria injusto tantos foram os jogos onde fez diferença. E se mais não fez, foi porque estava no banco a ver a arrastadeira argelina queimar jogada atrás de jogada.

      O que quero que entenda sobre este post é que Lopetegui, na minha opinião, falhou totalmente. O resto são pinners...

      Abraço

      Eliminar
    4. Claro que sim Pedro, Indi foi o 4º defesa mais utilizado e Quaresma o 3º forward

      Eliminar
    5. Pedro,
      nao viu na meu comentario a seguinte frase: "E para mim o seu maior defeito foi sempre a escolha do 11 titular."

      Ora ai esta - por o Indi a titular (ate que julgo que finalmente percebeu que ele nao estava la a fazer nada) e a quantidade de minutos que deu ao Quaresma e uma grande parte do que eu critico a este treinador! Isso e Herrera que nem no Tondela devia calcar...

      Eliminar
    6. Lapis,
      Ha-de-me dizer quais foram os tais jogos que o Quaresma resolveu sozinho!!!
      Com o Bayern em casa? A unica coisa que ele fez foi roubar uma bola - e mais, esse movimento foi uma sorte de todo o tamanho porque se calha a falhar fica todo o nosso flanco direito desiquilibrado e em inferioridade... Se houve alguem que se mostrou nesse jogo (apesar de ter sido uma vitoria do colectivo) foi o Jackson...
      Nunca mas nunca use o MST como "backup" numa argumentacao de futebol - o coitado nao percebe um boi da coisa e por isso e que esta constantemente a mudar de opiniao...

      Eu nao concordo que Lopetegui falhou totalmente, da mesma maneira que se tivesse ganho o campeonato nao diria que ele foi um grande exito. Eu vi trabalho bem feito na equipa, mas acho que ele podia ter feito mais e especialmente acho que ele nao e muito bom a escolher quem poe em campo. (o pouco que Evandro jogou e a falta de um sistema para tirar vantagem de um dos melhores jogadores que temos (Quintero) sao bons exemplos.

      Eliminar
    7. Frente ao Bayern, teve a frieza e a classe para finalizar em frente a Neuer e para não falhar o penalti (e quantos o Jackson falhou certo? Lembre-se da eliminação da taça em casa com o SCP, para não ir mais longe).

      Mais?
      Por exemplo a vitória em casa com o Bilbau. Entrou aos 70' para marcar o golo da vitória.
      Em casa com Estoril, 2 assistências e 2 golos. Entre outros. E até na seleção.

      E sabe em que jogos ele não jogou de início ou nem um minuto sequer?
      - Empate em casa com BFC
      - Derrota em casa com SCP
      - Derrota em casa com SLB
      - Empate no Nacional
      - Empate na luz
      Será coincidência? Olhe que não...

      Mas tudo bem, uma coisa são factos, outra são gostos e esses não se discutem.

      Um abraço


      Eliminar
    8. Lápis Azul e Branco

      Não se deve derreter açúcar em cima do que se chama de factos!
      Factos, ou melhor, jogos com resultados maus em que Quaresma jogou:

      68 minutos em Belém.

      34' na Luz
      45' em Munique, um jogo em que mts estiveram mal, mas PORRA, um jogador como o Quaresma não ter tido a capacidade para aguentar a bola 2 segundos?

      76', para a taça da liga com o Marítimo...

      17' com o Nacional (pouco tempo, mas esteve lá)

      90' na derrota com o Marítimo...

      32', no Dragão com a equipa da colinho. Um jogo com um resultado tremendamente injusto para o que se passou em camp,o, mas foi o que foi.

      90' no empate a 2 com o Estoril....

      46' no empate com o Sporting...

      74' no empate com o Boavista, SIM, ELE ESTEVE LÁ 74 minutos!!!!!!!


      Vistas bem as coisas...

      Será coincidência? Olhe que não...

      PS: Eu fui dos que ficaram contentes com o seu regresso, só para não pensarem que eu sou anti-Quaresma! Nada disso! NUNCA FUI!
      Sempre estive ao seu lado.
      Mas sou dos que sempre tiveram consciência dos seus defeitos, mas para mim, há lugar para 1 jogador assim, desde que esteja com a equipa, seja em campo seja fora dele!
      Para mim "morreu" no jogo na Luz... Se o que se passou naquele jogo é normal para muitos, para mim, naquele contexto é INADMISSÍVEL!
      ACABOU ALI, NUNCA MAIS! JÁ VAI TARDE!


      Eliminar
    9. Jogo com o Bilbao em casa:
      Quaresma faz 4 remates - em todos eles tinha companheiros melhor posicionados. Num dos remates, o GR da um frango ridiculo, logo golo. Isto sim, sao factos...

      Se e isto que o Lapis acha "resolver um jogo sozinho" e se acha que o Quaresma era o unico a fazer isso, entao o que dirao o Brahimi, o Jackson, o Tello

      E, ja agora, eu prefiro analisar o que um jogador faz num jogo inteiro, e nao simplesmente se teve 3 minutos bons e marcou um golo. Senao chamem o Walter de volta, ou o Pena porque eles tb "resolveram" muitos jogos sozinhos e portanto sao grandes jogadores!!!

      E com isto tudo, eu estou-me borrifando para o que o Quaresma disse em entrevistas ou quem ele abracou... So sou a favor da sua saida por causa do constante estragar de jogo da equipa...

      Eliminar
    10. pancas

      Não foi por Quaresma ir abraçar o jj!
      Foi por tê-lo feito naquele contexto em particular!
      Vínhamos de uma derrota pesada em Munique.
      O próprio falou em grito de revolta.
      E num contexto de "conflito" entre dois treinadores.
      Sendo que, de um lado estava o egocêntrico e desrespeitador do rival levado ao colo!
      Do outro, estava O SEU treinador, mal tratado pela porcaria da imprensa centralista, que dá a cara pela equipa e que foi sempre muito respeitador - talvez até demasiado!
      Mas Quaresma não sabe o que é isso, não sabe o que é estar COM nem PARA a equipa!
      (e parece que para muitos Portistas isto é Portismo...)

      Abraço

      Eliminar
    11. Meus caros pancas e Carrela

      A novela já vai longa e o post não é sobre Quaresma, mas não posso deixar de rectificar.

      Eu listei, propositadamente, jogos onde Quaresma ou não jogou ou não foi titular. E porquê? Porque um jogador como Quaresma (um "génio") precisa de estar em campo e precisa de sentir "carinho" para soltar a magia. Não é um jogador de trabalho, é um jogador de talento. Percebem a diferença? É que numa equipa de 10 (+ GR), há espaço para ambos os tipos. O que uns conseguem com muito mais suor, outro conseguem pelo "jeito que Deus lhes deu". E claro, há os que juntam ambas, mas são raros e caros.

      Como é óbvio, se a equipa teve maus jogos e o RQ lá estava, também tem a sua quota parte. Mas eu salientei precisamente o oposto: os jogos onde ele ainda assim fez a diferença e os maus onde ele nem jogou.

      Acham mesmo que depois de Munique e no último jogo em que podíamos virar o campeonato, foi razoável deixa-lo no banco e aguentar aquele desespero de primeira parte sem mexer uma palha? O mesmo no Nacional, depois da derrota dos outros em Vila do Conde? E ainda mais com Brahimi num estado lamentável? Aliás caro Carrela, é quase caricato ler os minutos que lista nestes jogos, como se fossem mais do que suficientes para ele os resolver (e no entanto, é o que dá a entender, que esperava que ele os resolvesse, o que é mais uma contradição no seu discurso...).

      Eu também preferia analisar o que ele faz em jogos inteiros, mas como poderão constatar foram muito poucos. E é muito diferente fazer os primeiros 60 minutos do que os últimos 30. Muito mesmo.

      A verdade, a única verdade, é que Lopetegui decidiu "arrumar" Quaresma e teve total cobertura para isso. RQ7 foi proscrito não por ser mau jogador, mas por não lamber botas. Se não querem ver, não sei que lhes faça. O abraço a JJ não foi mais do que uma reação de puto mimado quando não tem o brinquedo. Não gostei, mas não vejo nada de transcendente nisso. Sentiu-se injustiçado durante toda a época e espetou o alfinete mal pode.

      E termino com a mesmo pergunta que tenho feito: por que raio é que sendo tão contra o treinador, tão pouco portista, tão tudo de mal, foi sempre, até ao fim da época, o jogador mais aplaudido no Dragão? Acham mesmo que as pessoas são estúpidas? Ou será precisamente o contrário, porque sentiram e perceberam que mesmo com toda a sua insolência, foi dos poucos que realmente sentiu e respeitou a camisola?

      Dois abraços

      Eliminar
    12. Um ultimo comentario, so para responder a sua pergunta - veja este video, que inclusivamente o Jorge Vassalo incluiu num post, sobre o Quaresma. O video foi feito por um treinador. Perceba o que eu quero dizer com olhar para o jogo todo e nao so para 3 min em que as coisas lhe correm perfeitas. E no fim do video vem a resposta perfeita a sua pergunta: "Quaresma e um jogador que enche bancadas. Claro, a bancada esta cheia de gente que percebe tanto como ele"!!!

      http://videos.sapo.pt/y8MUIilGkRTT79U0cp5L

      Eliminar
    13. O video é feito por um "treinador" que se gaba que é amigo do Mourinho, num blog lateral esquerdo, que diz que o JJ é o melhor treinador do Mundo. Deveria ter um pouco de decoro trazer para blogs portistas peças da propaganda de carnide só para justificar aquilo que é injustificável. Justifique-se com a Bola e o Record, que esses já todos sabem o que são. O sr. Gonçalves tem a pretensão de chamar a 75% dos adeptos, sócios que vão ao Dragão de burros ou otários, Reflita um pouco e vai ver que a percentagem desses, andará pelos 25%. e se não puxam carrelas, para lá andarão.

      Eliminar
    14. Qualquer pessoa pode fazer um video bem editado em que o Ximbinha do Ovarense parece melhor do o Messi. Se fazemos um video com todos os erros de cada jogador, seja ele qual for terá um video em que parece o pior jogador do Mundo. Usar videos desses para provar o que for é demagogia e má fé. Eu posso fazer um video desse mesmo jogo em que provo que Quaresma é o melhor jogador do mundo. Alem disso esse video tem várias jogadas em que Quaresma decide bem e em que nada garantia que tomar outra decisão seria o melhor. Falar depois da jogada acontecer e com a visão total do relvado é muito facil. Por curiosidade CR7 ´o jogador que mais bolas perde e faz passes errados do Real, será que é mau?!

      Quaresma é tri campeão pelo Porto e sendo figura de destaque da equipa, isto factos tudo resto não passa de odio ,amor,antipatia ou empatia. Já fez mais pelo Porto do que 90% dos jogadores que estão no plantel, isso é outro facto e o resto é conversa.

      Eliminar
    15. Caro pancas

      Querer definir um jogador a partir de um único jogo, enfim... todos temos dias bons e maus, mas é a média deles todos que nos ajuda a definir, ou não?

      Quaresma não é perfeito, longe disso. Aliás, fiquei contente quando saiu na primeira vez. Estava farto dele. Porque na altura havia muitos outros que eram muito mais "à Porto" do que ele. Desta vez não, para mim era quase só ele que encarnava esse espírito, mesmo com todos os seus defeitos. E a grande perda é essa. Rumo ao desconhecido reino de Castela.

      Eliminar
    16. Oh Anonimo, se calhar e melhor informar-se bem antes de dizer bacoradas... O lateral esquerdo nunca disse que o JJ e o melhor treinador do mundo. Eles dizem sim que e o melhor treinador em Portugal (tenho poucas duvidas), sempre disseram que o Vitor Pereira era tao bom ou melhor enquanto ca estava.
      Esse "treinador" era o mesmo que punha o Oliver e o Jackson num pedestal e que defendia o trabalho de Lopetegui quando muitos portistas ja o criticavam...

      Se falar de futebol sem arbitragens e clubismos e focado em como treinar, como analisar jogadores, etc e "propaganda de carnide" entao muito mal vai o nosso clube com adeptos como voce!!!

      Eu nao sei quem e o Sr Goncalves de que voce fala... Nem eu nem os treinadores que contribuem para o Lateral Esquerdo alguma vez chamamos os adeptos de burros ou otarios, mas da mesma maneira que eu nao percebo um boi de astrofisica, tambem a maioria dos adeptos (de todos os clubes) nao percebem um boi de futebol. Nao faz deles nem burros nem otarios, mas ao contrario do que muita gente pensa, ver futebol nao faz pessoas peritos no desporto, da mesma maneira que ver contabilistas a trabalhar nao transforma uma pessoa num perito de contabilidade...

      Ja agora, tenho familia a treinar camadas jovens no Benfica e que ja treinaram no Sporting (eu sou a ovelha branca da familia por ser portista) - e que conhecem o "treinador" que voce fala. Ele conhece o Mourinho, sim, porque um dos fundadores do blog treina camadas jovens no Chelsea.

      A unica coisa que eu nao ouvi de si foi algum argumento racional para contrariar o que esta bem exposto no video, que o Quaresma nao percebe um boi da poda...

      Eliminar
    17. Exactamente, Pedro Mota (tinha falhado a leitura do seu post).

      Eliminar
  4. Para um treinador que chega a uma nova realidade e com as particularidades que se sabe.
    Que pega numa equipa que tinha impludido no ano anterior.
    Que recebe 16 caras novas.
    Que é obrigada a concorrer pelo pódio com um adversário que foi levado ao colo como nunca antes visto.
    Chega ao final desse campeonato, com 82 pontos que daria para limpar a maioria dos campeonatos neste século com uma perna às costas.
    Teve -3 pontos, REPITO TRÊS!! É IMPRESSIONANTE!

    SIM FALHAMOS, não tenho dúvidas nenhumas!
    SIM PODÍAMOS, ter ganho, apesar de tudo isso, também não tenho dúvidas nenhumas!!!

    Mas será que só os nossos têm de ser prefeitos?
    Só os nossos devem ser queimados porque em 1000 decisões erraram 20 ou 30?
    Não é normal errar?
    Não erram TODOS?
    Erramos menos que todos os outros, mas mesmo assim não chegou...

    Fomos apesar de tudo, a melhor defesa da Europa (e para alguns tanto o GR como os centrais são banais - é daquelas coisas.................)
    Fomos a equipa que mais dominou a maioria das variáveis do jogo!
    Mais ataques, mais remates, mais posse de bola, mais cantos conquistados, menos faltas cometidas, menos remates permitidos aos adversários, bla bla bla...

    Fomos longe na CL, GANHÁMOS 3-1, em casa ao poderoso Bayern.
    Perdemos fora, por uns humilhantes 6-1, mas sem 2 defesas titulares indiscutíveis.
    Não foram avançados, ou 1 ou outro jogador por posição, foram 2 titulares do mesmo sector!
    Não justifica tudo, mas é em grande parte responsável pela desgraça.

    Basicamente o treinador é fraco, porque não ganhou!
    Assim, como Van Gaal, Ancelotti, Wenger, bla bla bla e todos os outros que não ganharam!

    Ninguém tem dúvidas, acho eu, que jj, apesar de todos os defeitos, é no essencial um grande treinador, o tal que ganhou 3 em 6 anos!
    O tal que pelo meio assistiu, a um "miúdo" e ao "seu adjunto", a fazerem um TRI!

    Sinceramente, gostava de perceber, o que fez Julen, assim de tão mau para ser tão mal tratado por tantos Portistas.
    A forma como alguns falam, até parece que estão a falar de um Quinito, ou de um Otávio machado...

    E sempre que vejo a questão dos espanhóis a ser chamada à liça... dá-me comichão!
    A sério que dá...

    Abraço



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeitos, caro Carrela? Quem falou em perfeição? Podiam ter feito as cagadas todas que fizeram menos naqueles 3 jogos! Era suficiente...

      Se fomos a melhor defesa em algum sítio, garantidamente que não foi pela qualidade defensiva e muito menos dos centrais e GR. Às vezes acontece, mas só a estatística não chega para entender o quadro por completo.

      Fomos longe na UCL? Pudera! O única adversário de jeito que apanhamos qual foi? Exacto, o último. Bate não vale ponta, Bilbau em revolução, Shaktar em guerra e Basileia nada mais que mediano. Não vou falar do jogo de Munique, porque tive a infelicidade de lá ir e ainda me doi. Já o abordei no post Verano Azul.

      Muito menos percebo, se é a mim que se refere, que considere que trato ou tratei mal o treinador. Caramba, acabei de lhe renovar o voto de confiança, apesar de TUDO. Sé é melhor ou pior que os que refere, só o tempo o dirá.

      Às vezes não é o perder, é a maneira como se perde.

      Abraço

      PS - falei de espanhóis porque o são, e não por serem de Espanha. Apenas simbolizam para mim uma liderança artificial do balneário, como aliás se comprovou.

      Eliminar
    2. Carrela, até um "miúdo" e o seu adjunto, ganharam "coisas". Lopetegui só viu ganhar e com o maior orçamento de sempre.

      Eliminar
    3. Anónimo18 de julho de 2015 às 22:18

      Para mim VP (o ajudante) foi dos melhores treinadores que passaram pelo Porto!!!
      Defendi-o desde o 1º dia, numa altura em que quase ninguém o fazia!

      E FOI EMBORA PORQUE SE FARTOU de ser mal tratado!
      Pelos tais adeptos "exigentes", que dominam a ciência do futebol! Tal como a futurologia!
      Se lá estivessem era-mos campeões europeus ano sim, ano sim!


      Não quero voltar a assistir a esse filme...


      Eliminar
    4. Eu sou um desses "exigentes" que fiquei muito feliz quando se foi embora. Foi bicampeão sem saber ler nem escrever, numa com borrada monumental do mestre da táctica, noutra com o mijo do século (que obviamente, para mim e todos os portistas, foi a perfeição em forma esférica). O que veio a seguir foi pior, mas não é por isso que vou agora dizer uma coisa diferente. Não é por temer o futuro que vou deixar de dizer que quero Lopetegui fora, se a isso chegar. De momento, só quero que ganhe e seja muito feliz.

      Eliminar
    5. Ah, agora percebo. Como disse VP, parafraseando, "agora que eu sai, os adeptos vao ver como se treina de outra maneira"
      Por isso e a "exigentes" como o Lapis que temos de agradecer Paulo Fonseca e Lopetegui

      Eliminar
    6. Pancas, fez-se luz no cerebelo, foi? VP era só um pouco mais competente que Lopetegui, mas o seu futebol era tão enfadonho quanto o do espanhol. O F. C. do Porto, por direito próprio, atingiu um estatuto em que se exige competência, competitividade e ambição. A medíocridade não pode ser bitola deste clube. Fracos, sem capacidade de liderança ou incompetentes não cabem neste clube e esses nomes que referiu fazem juz a esses adjectivos. Ainda bem que os adeptos do Porto não são carneiros mas exigentes.

      Eliminar
    7. Concordo, caro Anónimo.

      Eu até admito ser demasiado exigente, mas a realidade é que nos últimos 10 anos apenas gostei realmente de Mourinho e AVB. E não, não é por terem ganho títulos europeus. É pela mentalidade que impuseram aos jogadores. Jesualdo, VP e afins têm as suas qualidades, foram importantes em várias conquistas, mas nos momentos da verdade, em que se jogava ser normal ou transcendente (como os dois que apreciei), "acobardaram-se" e não conseguiram mais. E eu sei bem do que falo, porque senti todas essas as "humilhações" ao vivo e a cores. Como costumo dizer, não é o perder, é a maneira como se perde.

      Eliminar
    8. «Foi bicampeão sem saber ler nem escrever»

      Ou seja, um treinador que em 3 anos (1 como adjunto) perde 1 jogo, em casa do Gil, com uma arbitragem bem apaixonada... Repito, 1 derrota em 3 anos para o campeonato.
      Tendo sido nesses 2 anos, a ÚNICA equipa superior a TODOS os seus adversários, ganha por sorte?

      sendo assim... estou esclarecido!

      Eliminar
  5. Imbicto LAeB,

    Quem falhou foi a equipa, não o treinador. Com ele, todos falham. E basta ter estado atento ao jogo com o Belenenses para perceber onde quero chegar (e onde os mimados não quiseram...).

    Imbicto abraço!

    http://imbictopoema.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanta água já havia corrida debaixo da ponte nessa altura? Quanta?

      Abraço

      Eliminar
    2. Malandros dos "mimados". Quem seria o figurão que os andou a "mimar"?

      Eliminar
  6. Desejo fortemente que o Lápis Azul e Branco tenha razão em relação ao treinador quando se avaliar a próxima época.
    O afastamento do Indi de forma súbita do 11 titular no ano passado foi estranha. Foi meramente uma decisão técnica?
    Interessante a teoria sobre o controlo do balneário. Para mim, até parece fazer sentido, alicercado no facto de alguns espanhóis praticamente não terem jogado e agora estarem em sair. Para bem de Lopetegui, os espanhóis que saem são substituídos por outros com outra reputação, como Casilla e Maxi (este uruguaio, mas a falar a mesma língua).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que eu desejo é o que expressei no último parágrafo:

      "Concluindo, estou esperançado que o treinador tenha aprendido com os seus erros. Mal dele se não o tiver feito. Se dependesse de mim, não teria segunda vida aqui. Mas como não depende, estou com ele (de novo) até final da temporada. E como gostava de ter vontade de lhe dar um abraço nessa altura. "

      Ou seja, não pode limpar o que já fez, mas tem todo o futuro para demonstrar que foi um mero equívoco passageiro.

      Eliminar
    2. Espero bem que sim! A provavel dispensa de Quaresma e (rezo eu) a venda de Herrera a seguir a Gold Cup podem mostrar que melhorou na avaliacao de jogadores. E tb parece que teremos oportunidade de ver outros sistemas para o modelo de posse que ele quer montar. Tudo boas noticias.

      Eliminar
    3. Pancas, realmente o Quaresma, o Quintero e o Indi, não têm ponta de qualidade. Qualidade têm aqueles craques que Lopetegui nos impingiu e que vão jogar para a 2ª divisão espanhola. (Isto porque Lopetegui é o ReiNaldo do markting em terras galegas, na boca dos blogueiros Lopeteguianos, imagine se não fosse).

      Eliminar
    4. Anonimo, mas ha duvidas que o Oliver e o Tello sao excelentes jogadores? O Adrian falhou, sem duvida, assim como me lembro de jogadores como o Diego falharem apesar de serem bons jogadores. O Andres e o Campana tenho pouco para qualificar - acho que foi ridiculo pedi-los para depois nunca os utilizar.

      Alem disso deve ter lido mal os meus comentarios - eu acho o Quintero um excelente jogador! E tambem deve ter percebido mal se pensa que eu sou um defensor acerrimo do Lopetegui - so acho que nao foi tao mau como alguns o pintam.

      Eliminar
    5. Pancas, o Tello quando não está entediado e resolve jogar futebol, até que demonstra qualidades (velocidade e mudança de ritmo) para o desempenho da função. Oliver, em minha opinião é jogador de cabine telefónica, vamos ver quantos minutos jogará no "colosso" Atletico de Madrid. Temo que ainda venha parar ao Porto e que paguemos as 2 penas do Jackson por 60% duma do Oliver, tal como aconteceu com Adrian. Este, na minha modesta opinião é até bem melhor que Oliver, se algum especialista do Conde Ferreira, conseguisse resolver os seus problemas psiquiátricos.Mas é destes que Lopetegui gosta quando tem Brahimi para jogar a 10 e joga numa ala ou no banco, Quintero sempre no banco, Quaresma que troca por Varela e Herrera que lhe diz vai para o campo e corre-o todo até desfaleceres.

      Eliminar
    6. Se o Oliver e jogador de cabine telefonica, entao presumo que dira o mesmo de um Xavi, de um Modric, de um Pirlo... nao que o Oliver (ainda) seja tao bom como esses, mas sao claramente do mesmo estilo, ou seja jogadores que pensam e que todas as suas accoes sejam em prol da equipa. Eu tb duvido que o Oliver jogue muito no Atletico de Madrid, mas nao pela sua qualidade - antes pelo facto que o jogo do Atletico se resume a defender com 10 e partir em contra-ataques rapidos (ou entao poderio em bolas paradas) - ou seja, e uma Academica/Gil Vicente, mas com jogadores de alto nivel... Se tivessem o Jose Mota a treinador, provavelmente fariam a mesma coisa... muita luta, muita luta...

      O Tello pode ter velocidade e mudanca de ritmo, mas futebol nao e atletismo, por isso essas qualidades sao de menos importancia. O que ele tem de bom e tecnica e capacidade de decisao. O Varela tem excelente capacidade de decisao (passa quando deve, finta quando deve, etc) mas e tecnicamente fraco. Qualquer desses dois e 5x mais jogador que o Quaresma que tem excelente tecnica mas toma 80% de decisoes erradas

      Eliminar
    7. Eu gostava muito que Óliver voltasse e em definitivo. Ó se gostava. Encaixava que nem uma luva nesta nova equipa.

      Quanto a Tello, desiludiu-me. Mas tem mais uma época para provar que foi um percalço e que realmente é um grande jogador (durante uma época inteira).

      Eliminar
    8. O Tello se tivesse técnica e capacidade de decisão , não estava emprestado ao Porto, era titular no seu clube. Xavi, Modric e Pilro seguram dão profundidade, jogam em 3 mts, 30 mts e todas as zonas do relvado, não jogam num m2, encostados na esquerda e em 5 passes 3 são para o adversário. Não os insulte com comparações dessa natureza. Varela, já o viu jogar? A única virtude que tem é precisamente a técnica as suas decisões é que são disparatadas. Se Quaresma com 80% das decisões erradas é o melhor assistente que já tivemos imagine se tivesse essa percentagem um pouco mais elevada. Subsiste-me uma dúvida, tem ido ao Dragão ver o F. C. do Porto?

      Eliminar
    9. O Oliver joga num m2, e falha 2 em 5 passes? Mas voce esta bebedo ou que?
      O quaresma - ate um relogio parado esta certo 2 vezes por dia. O quaresma faz tantos centros que algum ha-de dar alguma coisa. O problema sao a quantidade que nao dao nada e em que se perde a jogada....

      Eliminar
    10. Obviamente que a resposta não era para Lápis Azul e Branco. Eu sei que sobre Oliver estou em minoria e reconhecendo-lhe uma técnica apurada, não consigo gostar de jogadores que só procuram as areas mais congestionadas, confusão, ressaltos e não são capazes de jogar na profundidade, espaço e transposição de flanco.

      Eliminar
    11. Pancas, alguma pancada lhe avariou o relógio e já não há joalheiro que lhe valha. Já parece um clone do Gonçalves do Vassalo. Então o homem faz tantos centro que algum há-de resultar? Produz ou não produz? Qual é o seu entendimento dum extremo? A ansia de bater no ciganito é tanta e com chavões já cansados que nem se dão conta do que escrevem. Há um inteligente que até diz que a acção de roubar a bola ao Boateng foi um erro crasso porque desguarneceu o flanco direito, repetindo o que está escrito na Biblia deles pelo Baggio.

      Eliminar
    12. O meu entendimento de um extremo no futebol moderno e o mesmo que o de qq outro jogador: quando tem bola faz o q poe a equipa mais perto do sucesso, seja com um passé, finta, remate. O Anonimo pelos vistos ainda ve futebol como ele era ha 20 anos em que o extremo so serve para ir a linha cruzar e o avancado fica a mama a espera da bola...
      Quanto a producao, imagine 2 jogadores, A e B. O A faz 10 cruzamentos por jogo mas, porque nao olha para is colegas, esses cruzamentos so criam 1situacao de perigo. Os outros 9, a bola vai para adversarios.
      Agora o jogador B. So faz 3 cruzamentos, mas todos direitinhos para colegas que estao sozinhos em posicao de marcar. As outras 7 vezes que tem a bola, passa para tras com seguranca porque ve que nao ha colegas em boa posicao.
      Qual e que o Anonimo acha que produz?
      Como eu ja disse antes, achar que o Quaresma joga bem pq faz muitos centros e remates e como achar que o melhor soldado e o q dispende mais balas!

      Eliminar
    13. O seu entendimento resume-se a ficar perto do sucesso. Talvez por isso esteja muito contente com Lopetegui, porque ficou perto de tudo e...ficou a ver o sucesso dos outros. Em 1985, nesta casa, percebeu-se que ser 1º dos últimos, era simpático, gerava muitas amizades, mas era curto. A resposta à sua pergunta eu sei-a. É seguramente o que joga sempre para trás e para o lado. A minha é o que fez com que se marcasse mais golos que o adversário. Belicismo e balística vejo-os como o caro pancas vê o futebol. Se fosse importante para o jogo a FADEUP e o ISMAI já teriam essa cadeira.

      Eliminar
  7. As coisas resumem-se de forma simples:
    1-O Porto é um grande clube e tem dominado o futebol português desde 1978.
    2-Porto tem uma estrutura do melhor que há no mundo, sendo comandada pelo melhor presidente desportivo da história, que dá todas as condições ao plantel e treinador
    3- O Porto tem como objectivo primordial ser campeão, é assim em todas as épocas, SEM EXCEPÇÃO
    4-Porto teve na época passada o maior orçamento da sua história.
    5-Com esse orçamento construiu um plantel, quase unanimemente, reconhecido como o melhor em Portugal e um dos melhores da sua história, era assim descrito por quase todos no inicio da época.
    6-Porto venceu ZERO titulos a época passada.
    7-Plantel e treinador falharam os seus objectivos para a época, sendo uma das piores da história pós 78 do clube.

    Tendo em conta o atrás referido,é impossível ou ingénuo afirmar que o plantel e treinador do Porto fizeram um bom trabalho,logo é perfeitamente lógica as criticas ao treinador.

    Partilho muito da sua opinião sobre Lopetegui.
    Esta época temos de longe o melhor plantel em Portugal, e somos novamente os favoritos ao titulo, se tivermos humildade e trabalharmos bem, seremos campeões com tranquilidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito de acordo.

      Apenas acrescentaria que quem escolheu Artur Jorge, Mourinho e AVB, também escolheu Lopetegui. Se teve mérito no sucesso, também tem culpa no insucesso. Não foram só treinador e jogadores que falharam. Lopetegui seria sempre um risco (como foram os outros), mas alavancado por nem conhecer o campeonato português, nem ter experiência relevante em clubes. Double Jeopardy.

      Abraço

      Eliminar
    2. Pedro Mota, espelhou no seu post a realidade nua e crua. Parece que alguém só descobriu o Porto a partir do ano 2014, mas o Porto já existia e era por direito próprio dos melhores clubes do Mundo.

      Eliminar
  8. Também não sou "lopeteguista". Acho-o como o nosso "Arséne Wenger". Só sabe pedir, pedir, pedir, e recomeçar do zero todas as épocas!
    Mas o maior problema, o fulcral busilis é a enorme descompensação que sofre este nosso plantel! Guarda-redes e médios até dizer chega, laterais, centrais e pontas-de-lança numa economicidade miserável!
    Espero que tanto o LAeB, o Pedro Mota e eu estejamos profundamente errados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos aguardar pela composição final do plantel, sei que estamos a tentar contratar pelo menos um bom central e dois laterais e um PL.

      Peço desculpa por discordar, mas eu não "posso" estar errado, porque só me refiro ao que já aconteceu e que é factual! Repito, renovo o meu voto de confiança e daqui até ao final da época, é de novo o meu treinador.

      Abraço

      Eliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.