Do Porto com Amor: O que diz Molero(tegui)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

O que diz Molero(tegui)


Demorou pouco para que o pequeno Julen quebrasse o silêncio. E foi logo fazer queixa de nós aos seus conciudadanos, o bigorrilha!


"¿Me pasa el papel higiénico, porfa?"


Mas o que para mim releva desta entrevista não são as suas mágoas carpidas, mas antes o que podemos ficar a saber através delas.


Sobre o despedimento e Pinto da Costa:

"Para mim não é uma decisão agradável nem justa"

"Os jogadores estavam a crescer (...) estávamos no caminho certo (...) íamos fazer ajustes no mercado de inverno"

"Tenho muito respeito pelo presidente do FC Porto, que conquistou muitos títulos, sempre demonstrou um carinho especial por mim e ficou emocionado quando foi o adeus...mas é verdade que não me deixaram despedir dos jogadores" (d'O Jogo)

"Creio que é um bom presidente mas (...) em algumas alturas não é bem aconselhado nem bem assessorado

Continua ceguinho de todo o basco. Ou então mente, mas não me dá essa sensação. Vejo-o falar e fico com a impressão de estar a ouvir um tolinho que acredita piamente no que diz. Enfim, já não é problema nosso. A ser verdade que não o deixaram despedir dos jogadores, é lamentável. Mesmo que se tenha portado mal com a rescisão, não há justificação. A ser verdade, repito. E sobre a assessoria do presidente, enfim, nada de novo, mas falta saber por que motivos o diz; se por despeito por quem o correu de cá ou se por convicção. Julgo saber que com Antero a relação era (é?) muito boa, pelo que não será um dos visados. Cheira-me a uma caldeirada das antigas...


Sobre o ambiente que se vivia

"Fizemos um jogo muito bom [em casa contra Académica] (...) Chegamos a líderes (...) e em vez de celebrar, pôs-se o enfoque no facto de determinado chaval não ter jogado (...) a sensação que fica é a de se estar a levar as coisas para o negativo quando tudo era positivo"

"Tudo era positivo". Só isto já transformaria qualquer possível diálogo numa conversa de surdos. Eu bem que lhe tentei explicar que (quase) tudo estava mal, mas já não fui a tempo. E o enfoque no chaval só aconteceu pela sua teimosia e/ou incapacidade/desinteresse em compreender como funciona a nação azul e branca. Inteligência emocional = zero.


Sobre o êxodo do verão passado:

"Saíram 7 titulares e um de última hora [Alex Sandro] que já não esperávamos". Saliento ainda o facto de ter nomeado Quaresma como uma das saídas importantes... é preciso ter lata.
 
"Precisávamos de um 10 e de um 9 (...) eram prioridades (...) e chegaram jogadores que não eram os que queríamos, os que pensávamos que podiam chegar"

"Imbula é um bom jogador e podia ser a cereja no topo do bolo, mas tivemos outras prioridades para a equipa que não chegaram" (d'O Jogo)

Aqui é que o Julenzito pode ter uma defesa sustentável. 

Perdeu Alex já sem o contar - mas veio Layún, que não sendo Alex Sandro, até se tem excedido face às expectativas. Não será por aqui. E muito menos pela saída do RQ7 (insisto, lata do car...). 

Mas quanto ao 9 e ao 10 não há como negar que ambas as posições estão ainda hoje muito mal servidas. Melhor a 9, mas mesmo assim apenas com Abou como opção de primeiro plano. Osvaldo foi um flop e os demais são apenas projectos. Para jogar a 10, em rigor da verdade, não temos ninguém.

E reforçou a mensagem através de Imbula. Mas fez mais, contrariou por completo as declarações do presidente na entrevista ao Porto Canal, dizendo que o francês não era a sua prioridade. Nessa altura, Pinto da Costa colocou todo o ónus da contratação em Lopetegui. Mas hoje recusou comentar as declarações do seu ex-treinador...


Para ser justo, devo considerar este último ponto como uma justificação parcial para o falhanço estrondoso que estava a ser a época com Lopetegui. O plantel não é equilibrado e muito menos o melhor de sempre. E isso certamente atrasou o crescimento da equipa. A questão é que duvido que ele conseguisse fazer muito melhor, mesmo que essas prioridades tivessem chegado. Mas, lá está, como não o deixaram ficar até ao fim da época, nunca saberemos. E cada um pode dizer o que bem lhe apetecer sem correr o risco de ser desmentido...

Quem preferir, tem à disposição o resumo feito pel'O Jogo.

Nota final para a imagem e comunicação corporal do homem: é tão fraquinha, mas tão fraquinha, que até me provoca pele de galinha. Melhor ainda, fico como um gato quando se vê ameaçado: de pelo eriçado. Pelo menos disto terá poucas culpas...

E uma nota extra para o Oas (e todos os Oespanhóis em geral) : Oporto é o Franco que vos sodomize!


--------------------------------------------------------------------


Diz hoje Pinto da Costa à SIC: "Ontem telefonaram-me a avisar que o Carrillo estava a assinar pelo Benfica, disseram-me onde, no apartamento de quem e perguntaram se o FC Porto estava interessado. Não quero saber nada disso, não quero saber dos outros. Se quer assinar pelo Benfica faz muito bem". 

Pergunto: Não quer saber nada disso, tratando-se de um enorme talento em potencial? Não o quisemos mesmo? Ou não pudemos? E porque não, já agora? O Sporting de BdC já deixou de ser um alvo ou só vamos aos jogadores do Marítimo? Ficarei muito grato a quem me conseguir sossegar o espírito.

E entretanto, mais um sonho desfeito: Óliverderci!



Do Porto com Amor



8 comentários:

  1. Oh homem, você pracaso diz Euskal em vez de basco? Ai espera, posso ler acima...lalalala...não, diz basco. :)
    De resto, "falamos" mais tarde sobre o assunto. Ou então não... :)
    Quanto ao Carrillo, vai-se a ver ainda se descobre que se enganou no documento e assinou por outro... E pegue lá um copo de três, para carpimos esta olivermágoa, bah.
    Abraço Portista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não digo pela semelhança fonética com um sinónimo de muco nasal expelido a partir da garganta, não quero ser acusado de iniciar insultos gratuitos...

      E venha mais outro que o que vem a caminho ainda vai saber a pouco! Hic!

      Eliminar
  2. Acho extraordinário como é que gentinha que utiliza o simbolo do F. C. do Porto, para se fazer notar ou armar ao pingarelho, defendam este traste do "peito às balas", "matemática do pontinho", "sózinho contra a conspiração". Porque tem família, é funcionário do clube e merece respeito e a lenga lenga do costume.
    No entanto ao Presidente que fez deste clube um dos maiores do Mundo, chamam desde: farrapo velho, siones, mentiroso, nem em casa manda, xoné, traidor, incompetente, comissionista, negociante em proveito próprio, etc.
    Realmente, com Portistas destes...., olá João Gabriel.
    Sobre este hipócrita incompetente basco, isto ainda é só o princípio. Ainda vai muito pano para mangas e manchetes na imprensa do Terreiro do Paço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino que venha a desbobinar muito mais, sobretudo se o despedimento acabar em tribunal. Mas, se devidamente filtrado, poderá ajudar a compreender melhor os porquês dos vários falhanços consecutivos. Já o aproveitamento que a corja do costume fará disso é algo que não podemos controlar, apenas combater.

      Eu sei o que sente em relação ao presidente, mas não o pode isolar dos actos daqueles que o acompanham e que por ele foram escolhidos. E a questão do filho é algo que não podemos ignorar e que a mim me repugna. Tudo o que fez de bom não serve de esponja para o que fez (ou permitiu que se fizesse) de mal. Não está em causa o saldo entre ambas - tão positivo que reduz à insignificância o negativo - mas apenas e só o que não é aceitável.

      Eliminar
    2. Com filtros até o Octávio Machado poderá parecer a Irmã Lucia de Jesus. A ser verdade um certo espírito santo de orelha, se Vitória não ficar nos 2 primeiros, será um nome a equacionar para outras bandas, tal como VP. É pistoleiro como eles gostam, dizem. Aí estava no paraíso. Falava à vontade, que é o que domina e nem precisava que a equipa jogasse futebol.

      O Xaninho! Coloque as coisas numa outra perspectiva. Em quem pode ELE confiar. Seguramente em Reinaldo Teles. Mais? O Presidente da Casa do FCP no Luxemburgo é de confiança? O Exmº Presidente da Federação é de confiança? O Jorge Gomes é de confiança? O Gonçalves é de confiança? O Baía é de confiança? Os Oliveiras serão mesmo de confiança? Os imensos "donos" de blogs que dizem que têm muito respeito por ELE, são de confiança? O Xaninho já teve a sua dose de aprendizagem e sempre é melhor ter por perto quem se pode controlar, duma forma ou de outra.

      Eliminar
  3. Ainda gostava de perceber que numero e que o Olopes(!!) acha que o Bueno e.
    Porque ou e 9, ou e 10 ou entao nao tem logica que fosse pedido por ele ja que nao encaixava no sistema.
    E, ja agora, que numero para Goncalo Paciencia? Quintero?
    E adaptar-se aos jogadores que tem disponveis como um bom treinador faz? Ou sera que o Vitor Pereira a usar o Hulk a ponta de lanca depois de lhe levarem o Falcao foi porque essa era a posicao secreta dele?

    Porra, falei muito mal do Paulo Fonseca, mas vendo bem as circunstancias, este senhor foi um cancro maior do que o Octavio Machado...

    Quanto ao Carrillo, 100% de acordo... sera que so nos lembramos de surrupiar jogadores que vao para os rivais quando esses jogadores nao sao grande coisa ou sao de posicoes que nos temos a basta? Porra, porra, porra... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Bueno será sempre uma incógnita do consulado basco... Não é nem 9 nem 10 (no sentido tradicional do organizador de jogo), é um avançado móvel. Mas tê-lo pedido e não o utilizar...

      Tenho uma opinião pouco favorável sobre Quintero. Penso que não soube aproveitar as várias oportunidades que teve - o mesmo princípio da adaptação se aplica aos jogadores que querem vingar. O Gonçalo é um projecto ainda, podia ter ficado mas dificilmente seria opção para titular. Como disse, acho que é neste ponto que poderá ter alguma razão, mas isso não invalida o que muito bem diz, teria que ter feito mais com o que tinha à disposição.

      Eliminar
  4. Meu querido amigo enquanto estas aí fora a aproveitar o Sol eu estou aqui dentro a manobrar e queria dizer-te uma coisa, estou cheio, cheio de fé na nossa DERROTA, cheio de fome de INSUCESSOS, cheio de sede de DESAIRES, mas só aqui entre nós sabes do que estou cheio, mesmo mesmo cheio é de saudades de PERDER, mas para ti vou ter sempre ter um lugar guardado, o 4, um abraço do teu amigo, ANÃO.
    Rumo a mais uma derrota, obrigado sad do café.

    Luís (O do Nuno Espírito Santo, Pedro Martins, ou Lito Vidigal)

    ResponderEliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.