Do Porto com Amor: Quem são Miguel Layún e Jesus Corona?

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Quem são Miguel Layún e Jesus Corona?


Apresentação dos dois reforços mexicanos que chegaram no último dia do mercado.

Pique - mascote do México 86

Miguel Arturo Layún Prado é natural de Córdoba (México), tem 27 anos e é primordialmente um lateral esquerdo, ainda que também conheça bem a posição à direita e até as tarefas mais defensivas no meio do terreno. Para esta polivalência contribui certamente a sua habilidade de jogar bem com ambos os pés.

Começou a carreira profissional no Tiburones Rojos de Veracruz, transferindo-se dois anos mais tarde para a Atalanta da Série A, tornando-se no primeiro mexicano a jogar na dita liga.

Um ano mais tarde regressou ao seu país natal para representar o Club América, onde só começou a ter oportunidades com a chegada do agora ex-seleccionador Miguel Herrera, mas nem assim as coisas lhe saíram bem, ficando localmente famosa a expressão "Todo es culpa de Layún" (tinha as costas largas, portanto).

Mas como a vingança é um doce que se aprecia frio, foram os adeptos do rival Cruz Azul que mais amargaram com a referida expressão, uma vez que foi Layún quem marcou (pelo América) o penalti decisivo que lhes custou a derrota na final e assim os impediu de vencerem o Torneo Clausura de 2013. Daqui em diante, assumiu posição de destaque no clube e passou a ter presença regular nas convocatórias da sua seleção.

Em Janeiro de 2015 ingressou no The Championship pelo Watford FC e ajudou a equipa a conquistar a subida à Premier League. Esta época já participou em 4 jogos do Watford, de onde nos chega, três deles na Premier League e com um golo marcado.

Sobre esta passagem pelo futebol inglês, pode-se ler no Watford Observer:

"Layun initially struggled to adapt to the English game and the central midfield position he was utilised in by Slavisa Jokanovic but still made 17 appearances as the Hornets finished as Championship runners-up.

After winning the Gold Cup over the summer the versatile Mexican then forced his way into head coach Quique Sanchez Flores' plans he started and scored at Everton on the opening day of the season."

Já os comentários dos "adeptos" ao artigo são menos favoráveis, mas quem tiver interesse sugiro que siga o link acima e leia por si próprio.

Noutro espaço de supporters dos Hornets li que a mulher de Layún teve igualmente dificuldade em adaptar-se a Inglaterra, numa altura que coincidiu com estar embarazada (parece que ainda está, aliás).

Concluindo, apesar de soar estranho o Porto reforçar-se num clube recém-promovido à Premier League, analisando os factos percebe-se que esta breve passagem por terras de H.M. poderá não ser muito reveladora da sua real valia.


---------------------------------------------------------------------------------------------


Jesús Manuel Corona Ruíz é de Hermosillo (México), tem 22 aninhos e carrega a alcunha de "Tecatito". Quem tiver curiosidade sobre a origem do apelido, pode saciá-la aqui. Tem feito carreira como essencialmente como extremo direito, tendo igualmente nesse lado o seu melhor pé.

Estreou-se na primeira equipa do C.F. Monterrey em Agosto de 2010 onde rapidamente conquistou o seu espaço. Apareceu ao nível internacional com as boas exibições no Mundial de Clubes de 2012, nomeadamente contra o... Chelsea.

Em Agosto de 2013 transferiu-se para o Twente F.C., onde se manteve até ontem. Na última temporada participou em 33 desafios, conseguindo marcar 13 golos e assistir companheiros por 5 vezes.

É internacional El Tri desde 2014, contando com 14 internacionalizações A e 2 golos. Um deles foi este, contra a Jamaica na recentemente disputada Gold Cup.

Da Holanda chegam ecos da premente necessidade que o Twente tinha (tem) em fazer encaixes financeiros significativos, sendo essa uma das causas apontadas para o acordo alcançado (mesmo que o clube apenas detivesse uma percentagem dos direitos económicos sobre o jogador).

Aliás, antes de Corona já terão saído 3 ou 4 jogadores importantes, o que ajudará a explicar o péssimo arranque de temporada da equipa (1 empate e 3 derrotas). E é com este panorama geral, e não apenas com a saída de Corona, que os adeptos do clube estão verdadeiramente preocupados.

Alguns predicados e adjetivações que se podem ir lendo por essa web fora:

"The 22-year-old Twente player plays with no inhibition when the ball is at his feet and takes advantage of any opportunity given to him. Corona is a risk-taker (...). While other midfielders see a roadblock when faced with two opposing players, Corona sees an opportunity.

Corona has an immense amount of speed and an excellent touch with the ball that has helped Twente during the 2014-15 season. The midfielder has easily been Mexico's best player during their pre-tournament friendlies (...).

Unfortunately for Corona, his courage with the ball is also his downfall. At times, he takes on one player too many and can even be selfish with his possession.
"

e o meu favorito: "plays of the style of early Cristiano Ronaldo"

Em resumo, um jogador carregado de talento, mas boa parte dele ainda em bruto.


---------------------------------------------------------------------------------------------

Como é sabido, estes dois mexicanos vieram encontrar outros dois compatriotas no clube - Herrera e Gudiño - e correm o "risco" de que a estes se junte Reyes na próxima temporada (ou até antes...).

Depois das "eras" do FC Picanha, FC Pampas, FC Porraquenãoseiquereferênciausarparaosuruguaios e FC Shakira, estaremos agora a entrar na era do FC Sombrero?

Pois que seja, se nos derem tantas alegrias como as anteriores, serei o primeiro a passar na tasca do Silva e pedir jalapeños com sal e tequilla.


De México con Amor



3 comentários:

  1. A) concorrência para o Maxi: check
    B) FC Pereira? (Todos os uruguaios são pereira?)
    C) porra, há quanto tempo anda a mulher embarazada??? Ainda bem de lá algum elefante! Será um reforço para o museu? :)
    D) num há jalapenos. Pode ser tequilla dupla? :)
    Abc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A) "primordialmente lateral esquerdo", será concorrência indirecta... e mais importante, o substituto nas ausências por castigo

      B) Esse é muito bom, será que o sr. Tabucchi não leva a mal? :-)

      C) FIquei com dúvidas também. Sendo mexicana, poderia fazer as coisas mais devagar... e matematicamente seria possível, uma vez que o marido só ingressou no Watford em janeiro passado... mas na realidade, creio que só embarcou nesse estado já a meio da aventura.

      D) Sem problema, conheço o - primo do primo da cabeleireira da tia do padrinho de baptismo da senhora a dias - que presta serviço em casa do Herrera e faz part-time no Lidl, de onde nos poderá trazer um frasquinho deles em pickles

      Eliminar
    2. Ah, o Tó Jaquim. Não fazia ideia que era primo do Tabucchi. E não se preocupe com ele, acho que encontrou finalmente a cabeça do Damasceno.

      Eliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.