Do Porto com Amor: Hoje joga o Porto! (vs Tondela)

sábado, 28 de novembro de 2015

Hoje joga o Porto! (vs Tondela)


Pela primeira vez e em rigoroso exclusivo DPcA, com tradução simultânea português/castellano.


New Balance style


Blá blá blá Dynamo/Rebrov e sus cabrones blá blá blá descalabro/de p*ta madre.

Blá blá blá Tondela/Tondiela blá blá blá adversário dificílimo/por qué no te callas blá blá blá ganhar/ganar.

Não ganhar hoje/não gañar hoy blá blá blá, blá blá blá RUA!/Hasta la vista, baby!


E pronto. Está tudo dito. Vamos então ao meu onze:




Blá blá blá jogue quem jogar/no hay imprescindibles blá blá blá ganhar/ganar. Blá.


Vamos a eles!


Do Porto com Blá Blá



10 comentários:

  1. André André a extremo?
    É essa a sua ideia num 4-3-3?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha "ideia" tem a ver com o contexto actual da equipa.

      Penso que Bueno merece ter oportunidades, por um lado, e que os extremos convocados não têm justificado a titularidade (excepto Brahimi).

      Eliminar
  2. Caro LAeB

    Mesmo nos momentos aziagos, é salutar mantermos o sentido de humor. Claro que não me passa pela cabeça outra coisa, que não seja a vitória do FC Porto e, digo-lhe mais, no momento, nem me dá cuidado se a exibição da Equipa será boa , assim assim ou a desejar, fundamental mesmo é arrecadar os 3 pontos, para já.

    E já agora, não pretendendo abusar do espaço deste Blogue nem da paciência do Autor do mesmo, atrevo-me a sugerir a audição do novo trabalho da Mariza, "O melhor de mim". A mim, reforça-me a serenidade com que encaro o momento do nosso Clube e, se preciso fosse, a crença que o amanhã do FC Porto será melhor que o hoje.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou fã de fado, Mariza incluída (ainda que em "decrescendo" face aos primeiros trabalhos). Não ouvi ainda o mais recente, mas vou fazê-lo com certeza. Em particular o tema que sugere, serenidade é do que mais precisamos (a par de competência e convicções).

      Eliminar
    2. No caso do Lopetegui aconselho a balada do desajeitado dos D.A.M.A.

      Eliminar
    3. É preciso perder para depois se ganhar
      E mesmo sem ver, acreditar.
      É a vida que segue e não espera pela gente
      Cada passo que demos em frente
      Caminhando sem medo de errar.
      Creio que a noite sempre se tornará dia
      E o brilho que o sol irradia
      Há-de sempre me iluminar.

      Parece ter sido escrita a pensar na postura de Lopetegui.

      Eliminar
  3. Brahimi , Iker Casillas e graças a Dios! Não dá mais para manter o basco. Chega!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Péssimo mas 3 pontos. Ainda na luta. Fuga para a frente.

      Eliminar
  4. Caro LAeB

    Boa tarde. Agora que entrei na caixa de comentários, a exemplo da Equipa do FC Porto ontem em Aveiro não tenho a menor ideia do que venho aqui fazer.
    Ah! Já sei, de súbito fui bafejado por um momento de inspiração qual Brahimi, é suposto escrever algo sobre o jogo.
    Vamos a isso... mau, então não é que voltei a ficar sem ideias, esperem, o FC Porto venceu por 1x0 e assim arrecadou 3 preciosos pontos, mas que chatice, não me ocorre mais nada. É pouco, manifestamente pouco, eu sei, esperavam algo mais de mim não é??!! Mas acreditem, mesmo este pouco já é uma sorte, não é assim amigo Casillas!!!

    Duas notas:

    - As trocas e baldrocas no onze do FC Porto promovidas pelo nosso Treinador, fazem lembrar-me um passatempo preferido da minha mulher, a Sopa de Letras. Apenas com uma diferença que não é de somenos, a minha mulher acaba sempre por encontrar a solução que resolve o problema.

    - O jogo foi em Aveiro, zona de implantação Portista e a poucos Kms do Porto. Pouco mais de 3.400 espectadores conferiam ao Estádio um ambiente desolador, frio como a noite. É impressão minha ou estamos a assistir ao divórcio dos adeptos com a Equipa !!

    Abraço e reitero os votos de boa tarde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo caro Fernando, tudo isso que refere (e também falta de tempo, confesso) leva a que ainda não tenha publicado a habitual crónica. Difícil saber o que escrever. Ainda assim, escreverei ainda hoje.

      Quanto às suas notas, parecem-me acertadas. Ontem não pude ir a Aveiro, mas mal soou o último apito ouvir-se perfeitamente "joguem à bola, palhaços joguem à bola". Seriam adeptos do Tondela? Mas penso que ainda assim, muita gente distingue a equipa do treinador.

      Eliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.