Do Porto com Amor: Dia de jogo: FCPorto - Stoke City (3-0)

domingo, 2 de agosto de 2015

Dia de jogo: FCPorto - Stoke City (3-0)


E ao sexto jogo, apareceram os golos.

Haverá outros aspectos a relevar desta partida, mas sem dúvida que os golos são a nota mais saliente. É que o futebol, no fundo, no fundo, resume-se em marcar mais ao adversário do que ele nos marca a nós. E hoje conseguimos marcar três, uma fartura bem polvilhada de açúcar e canela. E melhor ainda, não sofremos nenhum. 

O primeiro, sempre importante, foi um alívio para Aboubakar (e para nós), desta vez bem servido por Tello. Tem sido consensual o reconhecimento de qualidades ao camaronês, mas nenhum goleador resiste à falta de golos. Com a aproximação de um (ou dois...) concorrentes directos, Abou disse "presente".

O segundo arrancou-me um "ohhh", tal a surpresa que me causou. Porque foi bonito, pela boa assistência de Ricardo (ali é que ele sabe jogar e pode ajudar a equipa) e, claro, porque foi uma boa tolada do insuspeito Alberto Bueno. Numa altura em que todos se apressam a vaticinar-lhe uma "Ádrianização", eis que o bom do Bueno estrebucha e no mínimo, reabre o interesse por aquilo que poderá vir a dar à equipa.

O terceiro foi um penálti bem convertido por Brahimi. Parece fácil mas só depois de estar lá dentro.

Além dos golos, tivemos um onze inicial que dá corpo à ideia de que este foi o complemento do jogo de ontem, invertendo assim a ordem de entrada em jogo. Se o Valencia esteve longe de ser uma boa equipa, o Stoke não tem sequer material para o vir a ser. E o Valencia nunca deixou de disputar todos os lances (bola ou osso, era o que fosse...), o Stoke nem isso fez. É uma equipa da Premier League, mas só o cartão de membro não lhe dá qualidade para se bater connosco de igual para igual. Ainda assim, foi mais um teste bem ultrapassado. Sem entreter grande coisa e muito menos deslumbrar, mas a garantir o essencial: mais minutos de "entrosamento" e a vitória.

Destaques individuais:

- Indi: o destaque é pelo regresso com 90 minutos completos, regra geral sereno e acertado. Eu acho que é o central com maior potencial de entre os que temos, mas tem que ter oportunidades e agarrá-las para o demonstrar, porque me parece que a dupla M&M leva vantagem para o início do campeonato.

- Bueno: não fez muito mais além do golo já referido, o que só por si é digno de registo, porque mostrou "existir" e isso é sempre de destacar entre os vivos.

Rúben Neves: o "miúdo" está a crescer com a pré-época e a dar sinais de poder ser opção fiável e segura para o que der e vier. Tudo o que ainda lhe falta em experiência, sobra-lhe em talento. Danilo e demais candidatos, "ponham-se finos"!

- Sérgio Oliveira: mais um que felizmente continua a dizer que não se rende. Tem talento para ser organizador mas neste momento é um lutador incansável dentro de campo. O treinador só tem mesmo é que contar com ele.


Agora é ligar o cronómetro com a contagem decrescente para o início das competições, a ser interrompido apenas no próximo dia 8, quando o Porto se apresentar aos sócios apadrinhado pelo Napoli. E acompanhar com expectativa as movimentações do mercado.


Nota: abriu-se o primeiro melão de mau perder da época para o Big Spender Mourinho. No final, lá faremos as contas a quantos €/£ custou cada troféu conquistado por Porto e Chelsea.



14 comentários:

  1. Uma pre epoca boa, é uma pre epoca sem lesões, e esta está ser boa..Uma pena não termos ganho o troféu,merecíamos,mas pronto isso também não é importante.
    Abouba é um grande jogador, tenho muita esperaças nele, vai fazer esquecer o Jackson mais rapido do que se pensa.
    O Bueno é bom jogador, ninguem marca 17 golos em espeanha sem o ser, o problema dele será atactica..Não sei como irá ter muitos minutos ou aproveitado num 433, ainda por cima vindo L.Lima e Oliver, penso que Bueno erderá ainda mais espaço.
    Adrian precisa urgentemente de ir embora, está na cara que ele não se sente bem e não é feliz aqui, é claramente alguém que não se adaptou, uma pena pois em Espanha mostrou que era um bom jogador. Que se tente minimizar o prejuizo,é são 11M investidos, apesar de ainda só termos pago 0,5M.
    Imbula e Danilo são fantásticos, serão titulares indiscutiveis. Ruben continua a evoluir e será uma boa alternativa aos "anjos negros"..Herrera acabou a epoca de rastos, e ainda não teve descanso, assim não irá aguentar.
    Defesa segura, apesar de ainda achar que não sabemos aproveitar o nosso melhor central(Indi).
    Quanto a André e Sergio, volto a repetir que seria um erro trazer alguem que lhe tire minutos, tem muito valor estes 2.

    Nunca mais chega dia 15.

    ResponderEliminar
  2. O jogo que mais gostei. Este não deu sono a quem assistiu. É certo, como bem refere, o Stoke é fraco. Deu espaço, não mordeu os calcanhares dos nossos rapazes, daí uma dinâmica mais interessante. Imbula tem mesmo lugar cativo. Brahimi e Varela os mais criativos e boas indicações de Indi e Sérgio Oliveira. Este último é dos poucos com grande capacidade de colocar a bola à distância com precisão, na variação de flancos e com boa capacidade de rematar. Aboubakar bem, Bueno, bom golo, mas ainda achei curto em termos de rendimento consistente.
    O melão do Mourinho!!! Ainda vai responsabilizar a mulher do Benitez ou o casamento do Imperador das transferêcias, por ter levado mais uma banhada.

    ResponderEliminar
  3. Pelo que percebi, a exibição no jogo de ontem não o entusiasmou muito, meu caro. Eu cá gostei bastante do vi e também o analisei no meu espaço. Tendo sempre em conta que é pré-época já se viram muitas coisas bonitas. É certo, de facto, que o adversário não era dos mais difíceis mas contudo não deixei de ficar agradado.

    Cumprimentos,
    Muralha Azul.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entusiasmar... não, não deu para tanto, excepto no momento Bueno (o tal "ooohhh").

      Indiscutível que se notam progressos de jogo para jogo, mas até agora "emperra" no mesmo problema do ano passado: pouca objetividade com a bola nos pés e a (minha) dificuldade em vislumbrar um "mecanismo" de construção de jogo que nos leve à baliza contrária de forma repetida e a chegar lá em boas condições de marcar.

      Esperemos que a possível chegada de um jogador com "olhos nos pés" venha a "dizimar" este problema.

      Eliminar
  4. Faltaram foi 2 golos para garantir a vitória no torneio...
    Portanto, isso de "garantir o essencial" que era a vitória, tem muito que se lhe diga...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Verde

      Torneios de pré-época nunca fizeram parte das nossas ambições, nós portistas focamo-nos em ganhar as grandes competições. Já outros, percebo que apostem mais nesta fase...

      Mas lá nos encontraremos, à jornada 15, para desfazer dúvidas. Isto se não for antes, na taça CTT :-)

      DPcA,
      LAeB

      Eliminar
    2. Compreendo que nem sequer tenha feito alusão à taça de Portugal, visto que a campanha do ano passado aind alhe deve causar pesadelos.

      Eliminar
    3. Eu fiz, aliás tentei fazer, mas troquei o patrocinador das taças (my fault).

      O único pesadelo que subsiste é o mesmo que ficou quando fomos eliminados pelo Torreense ou Atlético: só não passamos porque não respeitamos uma equipa claramente inferior :-)

      Eliminar
    4. Por mim, o Sporting, desde que ganhe todos os jogos, pode ser sempre inferior "no papel". Uns ficam contentes porque são os melhores e os outros porque ganham no campo.

      Eliminar
    5. Claro que nunca acontece, o meu amigo Lápis até soube dar 2 exemplos do passado, para além da derrocada no ano passado no Dragão.

      Eliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.