Do Porto com Amor: Hoje joga o Porto! (vs Marítimo)

sábado, 22 de agosto de 2015

Hoje joga o Porto! (vs Marítimo)


E ao segundo jogo do campeonato, lá vamos nós à Madeira. So what?

Imagem Bruno Sousa


Juro que não entendo por que raio se desenvolveu o mito deste papão que - diz que - come dragõezinhos ao pequeno-almoço.

Ou melhor, sei como surgiu. Assim:

14/15 Derrota: Marítimo 2 - Porto 1 (TL)
           Empate: Nacional 1 - Porto 1 (Liga)
           Derrota: Marítimo 1 - Porto 0 (Liga)

13/14 Derrota: Marítimo 1 - Porto 0 (Liga)
           Derrota: Nacional 2 - Porto 1 (Liga)

12/13 Empate: Marítimo 1 - Porto 1 (Liga)


Mas o que não entendo é o motivo de tamanho bloqueio mental nas visitas aos clubes madeirenses. Se fosse só com um, ok, aceitava-se, todos os grandes têm uma ou duas bestas negras para lhes atazanar o juízo a cada santa época (e já agora, também não entendo o porquê destas, racionalmente falando). Mas até com o União empatamos 2 dos 5 jogos que com eles disputamos na ilha...

Não há, obviamente, nenhum motivo razoável para isto acontecer. Nem o medo de aterrar, nem a humidade ou temperatura (bem boa!), nem o nevoeiro e muito menos o bolo do caco ou o peixe-espada. Nada. Rien. Niente. Ouviram ò cromos da bola? Por isso vamos lá honrar a camisola que vestem e fazer aquilo que lhes compete: ser melhores em campo e ganhar.

Não espero grandes mudanças face ao primeiro jogo além do óbvio (Cissokho).  

Danilo deve ser aposta para manter e como tal, deverá jogar uma boa série de partidas até que Rúben tenha uma hipótese de alinhar de início. Para hoje, acresce ainda o factor psicológico de Danilo defrontar a antiga equipa.

Talvez André possa ter uma oportunidade, face à evidente má forma de Herrera, mas tratando-se de um dos preferidos de Lopetegui, pode muito bem ser o mexicano o titular. 

Por último, Varela ou Tello (porque me parece que Brahimi jogará sempre). De novo, socorrendo-me do que conheço do treinador, deverá ser Tello a começar, ainda que o português tenha estado bem melhor no primeiro jogo. Uma versão mais ousada poderia incluir os três, com Brahimi na posição "10", mas sinceramente não me parece.

Assim sendo, o meu palpite para o onze:



Sejam eles quem forem, os 11 que entrarem de início e os prováveis 3 que se seguirão, terão apenas um objectivo primário - ganhar o jogo - e um secundário, de bónus - esmagar, golear, vencer sem espinhas - e mandar o tal do papão de volta para a sua caverna imaginária com uma colossal perfuração rectal. 


Resumindo, até os comemos carago!


Do Porto com Amor




9 comentários:

  1. Grande escolha de imagem essa do dragão a sair do simbolo :-)

    Hoje ganhamos por 2 ou 3, com uma surpresa no onze...

    Nem o treinador vai conseguir fazer asneira que chegue para nos impedir.

    André S.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A escolha foi minha, mas o mérito é todo do Bruno Sousa.

      Surpresa, quem? Óliver? :-)

      Vamos a eles!

      Eliminar
  2. Este treindor já não surpreende ninguém. Nem a jogar com os juvenis do Gervide, se os putos fizerem um pouco de pressão e taparem as laterais... adeus Porto. É triste tanta matéria-prima de qualidade nas mãos de um treinador abaixo de medíocre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. So it seems... mas ainda estamos no início e apesar dos sinais pouco animadores, temos tudo para ser campeões com alguma folga.

      Eliminar
  3. Por incrível que possa parecer, da equipa que foi derrotada, neste mesmo estádio, na época passada, apenas 2 jogadores repetiram a titularidade (Maicon e Herrera). Ou outro (Tello) repetiu entrada vinda do banco.

    Meus amigos, em menos de 1 ano (aliás, apenas 7 meses de facto), dos 14 elementos utilizados no jogo 2014/15, apenas 3 estiveram hoje no mesmo campo.

    Conclusões óbvias:
    1- O nosso clube apresenta uma falta de estabilidade e continuidade que roça a loucura;
    2 - Se no jogo de hoje, com 11 jogadores diferentes (de um total de 14), o futebol apresentado foi praticamente uma fotocópia da fraca qualidade da partida de 25 Janeiro de 2015, parece evidente onde reside a culpa maior. Lopetegui é parte do problema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesta altura é fácil e doce seguir este raciocínio. Mas foquemo-nos no muito que ainda falta desta temporada, fazendo fé em que tudo vá melhorando...

      Eliminar
  4. Acho que vamos empatar 1-1. É um feeling. :)

    ResponderEliminar
  5. Acho que vamos empatar 1-1. É um feeling. :))

    ResponderEliminar

Diga tudo o que lhe apetecer, mas com elevação e respeito pelas opiniões de todos.